Leão - Imposto de Renda

Imposto de Renda – Tudo Que Você Precisa Saber

Começo de ano, é tempo de fazer a sua Declaração do Imposto de Renda. No Bit de hoje, todas informações para você ficar por dentro dos parâmetros da declaração e não cair na malha fina, nem pagar multas e perder mais ainda desse suado dinheiro, não é mesmo. Veja a seguir um pequeno guia do que preparamos nesse Bit:

  1. Quem deve declarar imposto de renda?
  2. Modelos de Declaração
  3. Quais são Rendimentos Tributáveis?
  4. Declaração de Dependentes
  5. O que posso descontar do Imposto de Renda?
  6. Dicas Extras para Declaração
  7. Restituição do Imposto de Renda

E todas as informações estão ainda resumidas nessa animação que o Portal R7 produziu, veja:

Quem deve declarar o Imposto de Renda?

Se você teve renda anual igual ou superior a R$24.556,65 (próximo de R$2.000 por mês) em 2012 ou bens com valor acima de R$300.000,00. Este são os principais requisitos, mas a legislação prevê outras situações.

Modelos de Declaração

  • Simples: sem necessidade de comprovação de gastos e as deduções são substituídas pelo desconto de 20% dos rendimentos, limitado a R$14.542, 60;
  • Completo: há necessidade de comprovação de gastos com educação e saúde. Você deve guardar os recibos desses serviços por, pelo menos, 5 anos.

Alternativa 2013

Neste ano, você contribuinte, poderá fazer doações para fundos de apoio a crianças e adolescentes como alternativa.

Quais são Rendimentos Tributáveis?

Toda forma de renda que você recebeu é um rendimento tributável, um rendimento no qual devemos pagar imposto. Ou seja, não somente o salário é um rendimento tributável, mas também aluguel, aposentadoria (especialmente planos privados de aposentadoria), pensão de qualquer tipo, ações na justiça e até a Nota Fiscal Paulista, caso você tenha resgatado valores.

Recebimentos do exterior também devem ser declarados, bem como algumas aplicações. Esses itens também devem constar na sua declaração de imposto de renda, caso você tenha obtido renda a partir deles.

Declaração de Dependentes

Caso você tenha dependentes declarados em seu formulário, informe também o rendimento destes dependentes.

Você pode considerar dependentes:

  • Cônjuge (marido/esposa);
  • Casais com mais de 5 anos juntos (união estável, perante a justiça), mesmo sendo parceiro do mesmo sexo;
  • Filhos (até 21 anos ou até 24 anos, caso seja estudante);
  • Enteados (até 21 anos ou até 24, caso seja estudante);
  • Pais;
  • Avós;
  • Bisavós;

O que posso descontar do Imposto de Renda?

Nem tudo vai para o bolso do Leão, alguns gastos você pode declarar e obter dedução do valor do imposto, ou seja, pagar menos imposto. Por exemplo:

  • Consulta médica, dentista, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e hospitais;
  • Exames: laboratoriais, radiológicos;
  • Aparelhos ortopédicos;
  • Próteses ortopédicas ou dentárias;
  • Mensalidade escolar;
  • Empregada doméstica.

Mas há restrições para educação e empregada doméstica:

  • Educação: Por dependente, o valor limite é de R$3.091,35;
  • Empregada doméstica: valor limite de R$985,96.

No caso de despesas médicas e hospitalares, não há limite valor para os gastos a deduzir.

Dicas Extras para Declaração

  1. Se você recebe renda extra, além do salário, como aluguel, dinheiro do exterior (alô blogueiros, AdSense é dinheiro do exterior), ou mesmo trabalho autônomo (atenção freelancers!), procure o carnê-leão, um formulário específico para recolhimento de imposto. Caso contrário, você fica sujeito a multa de 50% do valor não recolhido;
  2. Informe todos os bens adquiridos no ano de exercício;
  3. Descreva todas as contas bancárias com saldo maior do que R$140 ao final de 2012;
  4. Nas doações, é importante informar todos os valores de pagamentos realizados. Mais uma vez, a falha na declaração pode levar a uma multa, agora, de 20% dos valores não declarados.

Restituição do Imposto de Renda

Considerando a sua renda e o quanto você pagou de imposto é feito o cálculo do quanto você será reembolsado, quando for o caso de reembolso – a restituição, de acordo com a seguinte relação:

  • Receita anual até R$19.645.32 – isento de pagar imposto / nada a ser restituído;
  • De R$19.645.33 a R$29.442 – imposto de 7,5% / Dedução: R$1.473,40;
  • De R$29.442,01 a R$39.256,56 – imposto de 15% / Dedução: R$3.681,55;
  • De R$39.256,57 a R$49.051,80 – imposto de 22,5% / Dedução: R$6.625,79;
  • Acima de R$49.051,80 – imposto de 27,5% / Dedução: R$9.078,38.

Se você se enquadrar no cenário de restituição, o valor devido será depositado na conta bancária que você informar na sua declaração de imposto. No site da Receita Federal você pode fazer o download do software para fazer a declaração no seu computador (Windows/Mac/Linux).

Fique atento aos prazos e ao preenchimento. Em caso de dúvidas, procure um contador, ele será o melhor profissional para te orientar no preenchimento das informações e esclarecimento de quaisquer dúvidas. Gostou do bit? Compartilhe, por favor:

E você, o que achou?