Avião Azul Linhas Aéreas

Como abrir uma empresa de aviação

Conforme o tempo passa fica mais difícil vermos novas empresas de aviação surgirem no país devido já ao grande volume de tráfego, impossibilitando ao surgimento de muitas naves adicionais.

avião da azulA última empresa que conseguiu concessão para colocar os seus aviões no ar foi a empresa Azul, mas como que é o processo para a empresa conseguir essa permissão?

O primeiro processo é jurídico e faz parte dos contratos de compra de aviões, solicitações de funcionamento e toda a estrutura técnica do empreendimento.

Após isso vem a parte da consultoria aeronáutica, na qual diversas normas e regras são aplicadas não somente para a empresa como também para os seus funcionários.

Quando uma nave é comprada de fora do país é necessário que ela seja nacionalizada, somente após esse processo ela pode funcionar normalmente.

Para uma empresa de aviação funcionar direito ela deve seguir vários manuais e a consultoria aeronáutica que a orienta e faz treinamentos sobre esses manuais.

O nome da autorização para voo em espaço aéreo se chama LOA (Letter of Approval) e é obtida junto com a ANAC, o fato de contratar uma consultoria aeronáutica para a realização desse processo é que eles já possuem conhecimento amplo sobre como funciona para adquirir essa autorização, o que facilitar e torna o processo mais rápido.

O SGSO (Sistema de Gerenciamento de Segurança Operacional) é obrigatório para todas as empresas terem ele implantado, ele consiste em regras de segurança dependendo de que tipo de voo realizado, que pode ser de passageiros a curta e longa distância ou então de mercadorias.

Algumas empresas de aviação também optam por adquirir o certificado IS-BAO que nada mais é do que um manual de “boa vizinhança” que além de possuir regras de segurança, também explica o modo correto do piloto agir tanto em voos nacionais como internacional e relação a rede de controle. A vantagem de possuir um certificado IS-BAO é a padronização do modo de operação e com o objetivo de ter profissionais de alta qualidade.

Depois da obtenção de todos os certificados, regras e normas, a empresa ainda precisa da Homologação de Empresas de Transporte Aéreo (CHETA) e somente após a obtenção desse último quesito que as empresas podem começar a vender suas passagens e as suas viagens.

 

E você, o que achou?