Alimentos Saudáveis

Re-educação Alimentar: Como mudar seus hábitos e vencer

Para quem procura uma vida mais saudável, um dos passos mais difíceis é a reeducação alimentar. Ao mesmo tempo, este é um dos passos mais importantes para você conseguir viver melhor e com mais saúde.

Mais uma vez, trazemos no Bit do Dia a Marília Schein do Emagrecer Urgente para nos ajudar a enfrentar esse desafio de mudar a alimentação. Bem-vinda denovo, Marília:

Alimentos Saudáveis

Oi, amigos, a proposta da reeducação alimentar para emagrecer é bem sossegada. No começo, pode parecer complicado e coberto de diferentes táticas, contudo eu vou esclarecer bastante para vocês, tudo bem?

Primeiramente, a reeducação alimentar para perder peso irá afastar de sua vida o “efeito sanfona” e, além de cortar seu peso, te fará viver uma vida bem mais equilibrada, pois é isso que a gente quer e precisa.

A re-educação alimentar é uma atitude madura, porque quando nós nascemos e vivemos nossa época de criança, ingerimos apenas o que é oferecido pelos nossos pais, logo, eles influenciam na nossa forma de se alimentar, fazendo com que não tenhamos muitas opções a escolher.

Muitas vezes nascemos em uma casa saudável e acabamos levando esses hábitos da família pelo resto da vida, todavia não é sempre que isto acontece. Na maior parte das famílias, atualmente, não existe um razoável planejamento alimentar e, no futuro, as crianças começarão a demonstrar uma diversidade de problemas devido à má alimentação.

Com, ou sem, problemas de saúde, é na vida adulta que se faz necessária a mudança de hábitos alimentares, buscando além de saúde, muitas vezes, redução de peso. Vamos lá?

Qual é a fórmula da re-educação alimentar?

Se existe uma palavra com o objetivo definir de forma clara o mecanismo de re-educação alimentar para emagrecimento, essa palavra é mudança. Você irá ter que alterar seus hábitos, desapegar de práticas e constituir outros padrões de alimentação e de vida.

Mas é claro que isso não significa que você vai deixar de se alimentar das comidas que gosta e que também irá se tornar uma pessoa chata que só bebe e come frutas, legumes e coisas lights. Na verdade, a re-educação alimentar vai te ensinar a se alimentar do que você quiser, todavia, sem nada de exagero e, sim, de forma equilibrada.

Práticas de re-educação alimentar para emagrecer

As práticas que irei te apresentar são bastante indicadas por experts. Até algum tempo atrás, eu não as seguia, e continuamente estava mal, apresentava doenças, não me alimentava direito, era péssimo.

Com o tempo, me eduquei e aprendi que essas práticas são fundamentais, e comecei a gostar delas, e com isso transformei muitas coisas no meu corpo.

Olhe as dicas para hoje:

  1. Consuma bastante água. O certo é 2 a 2,5 litros diariamente. Beba água naturalmente no decorrer do dia, e não um tanto de uma vez. Ah, saiba que uma bela refeição de salada possui bastante nutrientes e bastante água também, especialmente se comer legumes cozidos – na água!
  2. Comece a gostar de sucos naturais. Após um tempo, você irá esquecer dos refrigerantes e seus maléficos gases. Mas não exagere em sucos ou frutas, também, pois eles são ricos em frutose (açucar), ainda assim, é muito melhor do que qualquer refrigerante. Chás também são uma boa ideia, como o chá verde.
  3. Inclua comidas integrais na sua dieta. Alguns alimentos integrais são, de fato, deliciosos e deixam você com a sensação de saciedade. Apenas cuidado com aqueles ricos em carboidratos (arroz, pão); não exagere!
  4. Adeus a fast-food. Elimine alguns itens. Cada vez eu fui consumindo menos fast-food e alimentos industrializados. Atualmente sequer vejo mais isto na minha frente.
  5. Reduza o doce. Troquei os doces das sobremesas por frutas das quais eu gosto. Comecei a comer doces nos fins de semana, e mesmo assim em menor quantidade. Relembrando, mesmo frutas, não exagere!
  6. Atividades físicas. Como não podia faltar, comecei a praticar exercícios físicos e começar em uma academia. Isto motiva a gente, uma vez que vamos observando os efeitos e resultados da alimentação e vamos adorando cada vez mais o nosso corpo.

E não se esqueça de incluir as famosas e eficazes receitas metabólicas no seu cardápio, elas realmente ajudam a perder peso e manter o peso desejado depois.

Bom, por hoje é só. Nosso tema “Re-educação Alimentar” terminou, porém você poderá encontrar mais informações no meu site. Desejo ver você seguindo as minhas dicas e arrasando, hein? Abraços e até a próxima!

Nosso muito obrigado a Marília por partilhar boas dicas. A nossa contribuição como sétima dica é: Seja disciplinado com essa re-educação durante 6 dias na semana, no sétimo, coma o que der vontade, sem se preocupar, como seu prêmio por ter se comportado bem por 6 dias.

E como não poderia deixar de ser, lembramos que você deve sempre procurar orientação de profissionais antes de revolucionar suas rotinas e sua vida. Gostou do Bit?

E você, o que achou?